expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, novembro 28, 2012

Glee: 4.07 - Dynamic Duets


Para quem acompanha meus post sobre séries deve estar estranhando a ausência deles. Isso é ainda delay por causa da ida à Nova York. Fiquei super atrasada e ainda estou tentando colocar em dia tudo o que perdi. Explicações dadas, resolvi voltar falando de Glee. Já estamos praticamente chegando ao fim do primeiro terço da quarta temporada e já dá pra perceber que a série encontrou seu ritmo mesmo sem os dramas de Rachel e Kurt em todos os episódios. Em Dynamic Duets, por exemplo, eles nem aparecem e o McKinley sobrevive, pois está cheio de novos talentos e histórias.


O episódio foi tão ridículo que acabou funcionando. Super-heróis! Todo mundo gosta de um defensor forte, benevolente e com super-poderes. Depois dos personagens terem assumidos seus alter-egos em forma de super-heróis,  Finn teve a chance de mostrar se realmente tem potencial para liderar o coral. Não, claro, sem passar antes por um constrangimento básico resultado de uma ideia estapafurdia para as Seletivas. Ele exerce sua liderança, tentando fazer Jake e Ryder, e Ryder e Kitty, se entendenrem. Com as meninas, certamente será mais difícil. Já os meninos estão no caminho certo.

Também no episódio, Blaine, ainda angustiado por haver traído e terminado seu namoro com Kurt, quase deixa o colégio e volta a ser um roxinol de Dalton. No entanto, os super-poderes de Finn fazem o garoto perceber que seu lugar é no McKinley.

Mas a série ainda promete bastante. No próximo episódio, Thanksgiving, alguns personagens darão as caras novamente na série e parece que todos vão cair no ritmo de Gangnam Style. É esperar para ver!


Nenhum comentário:

Posts Relacionados

Blog Widget by LinkWithin