expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, outubro 13, 2007

Resenha XIII


Com muita força narrativa, Vicente Blasco Ibáñez (1867-1928) nos conta em "Sangre y arena" a história do toureiro José Gallardo. Filho de sapateiro e quase sem educação, o menino desde cedo se encanta com a magia das corridas de touro. Já homem, conquista toda a Espanha com sua coragem frente aos animais. No entanto, a origem humilde ainda persegue Galardo apesar de todo o dinheiro e glória que encontrou nas arenas.

Descobrindo, com a leitura, o mundo dos touros e toureiros, com todas as suas ilusões, tragédias e crueldade. O autor, ao contrário do personagem, é bastante hostil a esse tipo de espetáculo, que é apenas um pano de fundo para a crítica de Ibáñez a aristocracia de Sevilla. Escrito em 1908, o livro revela a frivolidade dos ricos e bem nascidos que vêem Gallardo apenas como integrante da paisagem típica da região. Quando se dá conta, que sua busca por ascensão social foi um grande engano o toureiro finalmente encontra seu destino nas areias vermelhas das arenas de Sevilla.

**** Lido em Espanhol, na versão copilada da editora Edelsa.

Um comentário:

Clarissa Braga disse...

Amiga, bem que você poderia ter feito um resumo da história de Sangre y arena pra me ajudar no curso de espanhol, tipo algo pronto, rs (brincadeira)... adorei ver teu blog, mesmo que por acaso. Besos.

Posts Relacionados

Blog Widget by LinkWithin